Buscar
  • Laboratório de Neurofarmacologia

Fármacos do Futuro - Conotoxinas

Atualizado: 8 de mar. de 2021

Olá inventores! Tudo bom? Vamos falar um pouco sobre conotoxinas?!

As conotoxinas são um grupo de neuropeptídios tóxicos de baixo peso molecular, isolados a partir do veneno de caracóis marinhos do gênero Conus. Essas toxinas possuem de 12 a 40 resíduos de aminoácidos formando moléculas peptídicas compactas. Dentre este resíduos, um dos resíduos mais importantes é a cisteína, que além de ser conservado ao longo da evolução do gênero confere rigidez para a molécula permitido sua ação biológica de forma ótima. Dentre os outros aminoácidos existe uma grande diversidade de posição e tipos conferindo uma enorme variedade de conotoxinas. Até hoje já foram registrados mais de 200 tipos.

As conotoxinas são dividias em 5 grandes grupos:

α-conotoxinas possuem ação biológica de paralisia muscular por meio da inibição dos receptores nicotínicos de acetilcolina nos nervos e músculos.

µ-conotoxinas bloqueiam canais de sódio voltagem depende impedindo a passagem do impulso nervoso.

Δ-conotoxinas também tem ação de inativar os canis de sódio voltagem dependente.

Ω-conotoxinas interferem no funcionamento de canais de cálcio afetando o impulso nervoso. Além disso, canais de cálcio esta relacionados à sensibilidade a dor.

Κ-conotoxinas impossibilitam a ação de canais de potássio voltagem dependentes causando tremores.

A primeira conotoxina a atingir o mercado foi uma versão sintética da Ω-conotoxinas conhecida como ziconotida. Vocês lembram que nós já falamos sobre ela lá no post sobre dor? Então, essa molécula foi descoberta na década de 1970 e foi aprovada para o tratamento da dor crônica refratária. Sendo assim, a ziconotida tornou-se assim a primeira toxina peptídica extraída de veneno animal em uso na clínica. A partir desse momento a pesquisa de neurotoxinas extraídas de animal cresceu exponencialmente para o tratamento de diversas doenças.

Que tal conhecermos mais sobre esses caracóis marinhos? As conchas desses animais são verdadeiros obras de arte não é mesmo, mas se você se deparar com uma desses cones do mar é melhor não chegar perto. O Connus pannaeus possui um veneno poderosíssimo, mais potente que a morfina. Apenas uma gota desse veneno é suficiente para matar 20 pessoas adultas.

É muito legal como a ciência funciona não é mesmo? Desenvolver medicamentos a partir de compostos que soa usados na natureza como arma é incrível!

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo