Buscar
  • Laboratório de Neurofarmacologia

Os fármacos do Futuro

Atualizado: 8 de mar. de 2021

O primeiro peptídeo sintético foi preparado por Emil Fischer, que recebeu o prêmio Nobel de química em 1902 e é considerado o Pai da química orgânica, há um século atrás. No entanto, o uso medicinal desses compostos só se iniciou após a 2ª Guerra Mundial.

Na primeira fase de produção desses compostos, cada peptídeo demorava de 1 à 2 anos para sua síntese.

Em 1963, Bruce Merrifield, facilitou o processo usando o método de síntese de peptídeo em fase sólida.

Desde essa época e até os dias atuais, os peptídeos têm sido frequentemente considerados como fármacos promissores.

Os peptídeos são usados em muitas indicações e podem ser utilizados em várias classes terapêuticas como por exemplo, no tratamento de:

Dor;

Alergia e asma;

Viroses;

Artrite;

Câncer;

Epilepsia;

Diabetes;

Impotência;

Problemas cardiovasculares e gastrointestinais;

Obesidade;

e Vacinas.

Referência:

Loffet, A. (2002). Peptides as drugs: is there a market?. Journal of Peptide Science, 8(1), 1-7.

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo